www.voceamaisbela.com.br
top of page

QUAL É A VERDADEIRA RELAÇÃO ENTRE ACNE E ALIMENTAÇÃO

Atualizado: 24 de ago. de 2023

UMA BOA ALIMENTAÇÃO EVITA A ESPINHA

Você sabe qual a verdadeira relação entre acne e alimentação? A dieta, para eliminar a acne, deve priorizar o consumo de alimentos ricos em fibras, como alface, pêra, cenoura, feijão, flocos de aveia e arroz integral, além de alimentos ricos em ômega-3, zinco e vitaminas A, C e E pois possuem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que ajudam a cuidar da saúde da pele. Da mesma forma, alimentos ricos em açúcares refinados e gorduras saturadas devem ser evitados, pois favorecem a inflamação da pele, a produção de sebo e o aparecimento de espinhas.


Além das mudanças na alimentação, também é importante praticar atividade física regularmente, pois ajuda a melhorar o controle da glicemia, a produção hormonal do corpo e a reduzir a oleosidade da pele, melhorando e prevenindo a formação de acne.

FRUTAS. PRA QUE TE QUERO
Dieta para eliminar a acne: uma boa alimentação é essencial.

CONHEÇA O QUE É ACNE

Uma boa alimentação evita a espinha. Acne é uma doença da pele que causa a formação de diferentes tipos de saliências na superfície da pele. Essas saliências incluem: espinhas, cravos e espinhas.

1. A acne ocorre quando os poros da pele ficam obstruídos com pele morta e oleosidade. A acne é mais comum em crianças mais velhas e adolescentes durante a puberdade, quando os hormônios fazem com que as glândulas sebáceas do corpo produzam mais óleo.

2. Vários estudos sugerem que seguir uma dieta saudável pode ajudar a prevenir e tratar a acne.

A acne é frequentemente desencadeada por alterações hormonais no corpo durante a puberdade ou a gravidez. A acne desaparece lentamente sem tratamento. Casos graves de acne raramente são prejudiciais, mas podem causar estresse emocional e podem deixar cicatrizes na pele.


A FORMAÇÃO DA ACNE

Para entender como a acne se desenvolve: a superfície da pele é coberta por pequenos orifícios que se conectam às glândulas sebáceas, sob a pele. Esses orifícios são chamados de poros. Elas produzem um líquido oleoso chamado sebo. As glândulas sebáceas enviam sebo à superfície da pele por meio de um canal fino chamado folículo. O sebo elimina as células mortas da nossa pele, transportando-as através do folículo até a superfície da pele. Ao mesmo tempo, nesse mesmo folículo, cresce uma fina mecha de fio capilar. A acne ocorre quando os poros da pele são obstruídos com células mortas, excesso de sebo e, às vezes, bactérias. Durante a puberdade e a gravidez os hormônios costumam fazer com que as glândulas sebáceas produzam excesso de óleo, o que aumenta o risco de acne.

espinhas e cravos inflamados

Existem três tipos principais de acne:

  • A cabeça branca (whitehead) é um poro que fica entupido e fechado, mas fica fora da pele. Eles aparecem como protuberâncias duras e esbranquiçadas.

  • Um cravo é um poro que fica entupido, mas permanece aberto. Eles aparecem como pequenas manchas escuras na superfície da pele.

  • Uma espinha é um poro cujas paredes se abrem, permitindo que óleo, bactérias e células mortas da pele penetrem na pele. Eles aparecem como protuberâncias vermelhas que às vezes têm uma parte superior branca cheia de pus (a reação do corpo à bactéria).


COMO AS DIETAS REUINS AFETAM SUA PELE.

Uma coisa que pode afetar sua pele é uma má alimentação. Certos alimentos aumentam o açúcar no sangue mais rapidamente do que outros. Quando o açúcar no sangue aumenta rapidamente, faz com que o corpo libere um hormônio chamado insulina. O excesso de insulina no sangue pode fazer com que as glândulas sebáceas produzam mais óleo, aumentando o risco de acne. Alguns alimentos que desencadeiam picos de insulina incluem:

  • massa branca

  • arroz branco

  • pão branco

  • açúcar

Esses alimentos são considerados carboidratos de “alto índice glicêmico”. Isso significa que eles são feitos de açúcares simples. O chocolate também agrava a acne, mas não parece afetar todas as pessoas, de acordo com um estudo (clique aqui).

Um estudo entre a chamada “dieta ocidental” ou “dieta americana padrão” baseou-se fortemente em:

  • carboidratos de alto índice glicêmico

  • laticínio

  • gorduras saturadas

  • gorduras Trans


frasco de produto
Minimiza os poros dilatados


De acordo com pesquisas publicadas, (clique aqui) esses tipos de alimentos estimulam a produção de hormônios, causando mais secreção sebácea.


QUAIS OS MELHORES ALIMENTOS PARA A PELE.

Comer alimentos de baixo índice glicêmico feitos de carboidratos complexos pode reduzir o risco de desenvolver acne. Os carboidratos complexos (clique aqui) são encontrados nos seguintes alimentos:

  • grãos inteiros

  • leguminosas

  • frutas e vegetais não processados

Os alimentos que contêm os seguintes ingredientes também são considerados benéficos para a pele, pois reduzem a inflamação:

  • zinco (mineral)

  • vitamina A e E

  • produtos químicos chamados antioxidantes

Zinco:

Mineral importante no desenvolvimento da pele, bem como na regulação do metabolismo e dos níveis hormonais. Os baixos níveis de zinco estão associados a casos mais graves de acne. Sugere-se aumentar a quantidade de zinco na dieta para 40 mg de zinco por dia


Vitaminas A e E.

Baixos níveis de vitaminas A e E também parecem estar ligados a casos graves de acne. Eles sugerem que as pessoas com acne podem diminuir a gravidade da acne aumentando a ingestão de alimentos que contenham essas vitaminas.


Antioxidantes e ácidos graxos ômega-3

Gordura encontrada em certas plantas e fontes de proteína animal, como peixes e ovos. Os antioxidantes são produtos químicos que neutralizam as toxinas prejudiciais do corpo.


Algumas opções de alimentos amigáveis ​​para a pele incluem:

  • frutas e vegetais amarelos e laranja, (cenoura, damasco e batata doce)

  • espinafre e outros vegetais de folhas verdes escuras

  • tomates

  • amoras

  • pão integral (farinha integral)

  • arroz castanho

  • quinoa

  • sementes de abóbora

  • feijão, ervilha e lentilha

  • salmão, cavala e outros tipos de peixes com ômega 3

  • nozes

As pessoas são diferentes e algumas pessoas descobrem que têm mais acne quando comem certos alimentos.


Dietas de baixo índice glicêmico

Uma dieta de baixo índice glicêmico, ou com baixos teores de açúcares simples, pode prevenir e melhorar a acne. Seguir uma carga glicêmica baixa por 10 semanas pode levar a melhorias significativas na acne. Seguir uma dieta hipoglicêmica e rica em proteínas por 12 semanas melhorou a acne nos homens e também levou à perda de peso. Estudos também sugerem que comer alimentos ricos em zinco pode ser útil na prevenção e no tratamento da acne. Os alimentos ricos em zinco incluem:

  • sementes de abóbora

  • castanha de caju

  • carne de gado

  • quinoa

  • lentilhas

  • frutos do mar, como ostras e caranguejo


Mascara Secativa:


Como saber o índice glicêmico

A classificação do índice glicêmico tem como referência um valor base de aumento da glicemia após o consumo de 50 gramas de açúcar ou pão. Desta forma, alimentos com índice glicêmico menor ou igual a 60 são classificados como “baixos”.

Algumas dietas exercem efeito na redução e prevenção da acne. A dieta mediterrânea é composta predominantemente por alimentos com baixo índice glicêmico, como peixe, frutas, legumes e vegetais, demostrando benefícios para indivíduo que possui a acne vulgar.

A tabela, acima, indica os alimentos de alto índice glicêmico que podem piorar ou tornar a acne mais difícil de curar




Seja sempre a Mais Bela!


Afinal a Você! A mais Bela! quer participar da sua vida, com dicas que possam elevar sua autoestima.

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page